O DNA da Maçonaria – A companhia dos Maçons

A Companhia de Maçons foi constituída na época medieval como uma guilda mercantil da cidade de Londres, para regular a qualidade dos edifícios de pedra na cidade.

Existem mais de 100 Companhias de Libré da Cidade, entre as quais a Companhia de Maçons está classificado 30º lugar em ordem de precedência. Ela tem associações estreitas com muitas dessas Companhias de Libré, especialmente aquelas relacionadas com a indústria da construção. A Companhia de Libré dos Maçons também tem uma relação peculiar, mas especial com os Mercers, os Cooks e os Broderers companhias chamadas “As Companhias Associadas” com relação ao financiamento do desenvolvimento de Londonderry na Irlanda do Norte.

A partir da Página da História você notará que sua sorte tem aumentado e diminuído ao longo dos séculos e ela não é mais uma guilda mercantil, um papel que foi assumido pela Stone Federation da Grã-Bretanha.

A Companhia foi constituída com o objetivo de regulamentar o ofício de cantaria para que as normas pudessem ser mantidas e recompensadas. Os registros mais antigos disponíveis de regulamentação são datadas de 1356 e foram emitidos pelo Tribunal de Vereadores da Cidade de Londres.

Cota de Armas

Em 1472, uma Cota de Armas foi recebida sob Carta-Patente.

Carta Constitutiva Real

Só em 1677 a Companhia foi formalmente constituída por Carta Constitutiva Real sob o Selo do rei Carlos II dando-lhe poder para controlar o trabalho dos pedreiros nas cidades de Londres e Westminster e sete deles a partir delas. Para ver uma cópia da Carta Constitutiva clique aqui .

Naquele tempo, os poderes de controle da Companhia começaram a ser corroídos pelo afluxo de pedreiros vindos das províncias, necessários para ajudar na reconstrução de Londres após o grande incêndio de 1666.

Contudo, a Companhia, através dos seus membros foi responsável ao longo dos anos pela construção de um grande número de edifícios notáveis em pedra, o mais famoso dos quais é, provavelmente, a Catedral de São Paulo. Thomas e Edward Strong, ambos Mestres da Companhia, foram os mestres de obra, juntamente com outros membros proeminentes da Companhia, sob o comando de Sir Christopher Wren.

O PRESENTE

A Companhia de Maçons é uma das menores Companhias de Libré da Cidade com cerca de 150 membros, comparado à média de cerca de 225 e em algumas Companhias de Libré modernas, com mais de 600 membros. Para informações sobre outras companhias de Libré da cidade de Londres clique aqui.

 Estamos crescendo – A Companhia revisou recentemente o crescimento do número de seus membros definindo como alvo 175.

 Organização – A companhia é dirigida por um Tribunal de Assistentes chefiado por um Venerável e dois Vigilantes eleitos anualmente. A administração executiva está sob o controle de um  Funcionário nomeado. A participação na Libré está disponível aos candidatos, de preferência ligados à indústria da construção ou à City de Londres. Veja Associação e Sociedade.

As principais atividades da Companhia são orientadas para promover a arte da cantaria e o apoio a instituições de caridade em geral, e para tal, a Companhia administra duas instituições de caridade.

O Fundo Craft, oferece suporte para aprendizes e treinees na arte da cantaria (corte de pedras).

Através do Fundo de Caridade de Maçons, a Companhia faz doações para causas beneficentes mais gerais relacionadas tanto com a City de Londres quanto a causas nacionais mais amplas. Para saber se podemos ajudar sua causa, vá até nossa página Critérios de Caridade.

A Companhia também apoia o esquema de beneficencia conjunta das Companhias Associadas.

O FUTURO

A Companhia se dedica ao seu programa de treinamento no uso de pedra natural para fins de construção, e buscará ampliar o nível atual de patrocínio de alunos, tanto em volume quanto em níveis de habilidades a serem atingidos.

Em 2007, ela lançou o Prêmio Duque de Gloucester para incentivar profissionais de cantaria e artesãos de toda a Inglaterra a continuar a desenvolver suas carreiras através do reconhecimento de sua contribuição para a arte da cantaria. Estes novos prêmios foram lançados no The Natural Stone Craft Awards em Outubro de 2007.

Em comum com outras Companhias de Libré da City of London, a Companhia manterá suas antigas tradições e continuará a assumir a sua parte, no governo da Cidade.

Para mais informações, por favorcontacte o Funcionário

Não é a Maçonaria Simbólica

Existem algumas evidências de que o movimento original da Maçonaria Especulativa no país, se não no mundo, teve origem na época medieval a partir desta Companhia de Maçons, além, talvez, de outras guilds de pedreiros construtores no país e na Europa.

Os pedreiros, construtores de nossas grandes catedrais e igrejas uniam-se em guildas ou corporações para praticar o que eles chamavam de “arte operativa” da maçonaria. Eles eram uma elite que podia viajar livremente entre as cidades para praticar sua “arte”, ao contrário dos servos que eram cuidadosamente controlados e restritos. Daí o termo “pedreiro livre” ter entrado em uso e lojas da fraternidade foram se formando.

Mas, no século XVIII, a natureza da Maçonaria tinha mudado, e as lojas começaram a aceitar membros que não eram pedreiros e assim elas se tornaram lojas “especulativas” e não mais “operativas” e ao longo dos dois séculos e meio seguintes, as lojas se afastaram completamente do ofício da cantaria, a não ser pelo fato de fazer referência às ferramentas e artefatos de trabalho dos pedreiros em alguns de seus rituais.

Hoje não há ligação direta entre a Companhia de Maçons e a Maçonaria.


Publicado on abril 15, 2011 at 9:54 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/o-dna-da-maconaria-a-companhia-dos-macons/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: