Notícias da India: ‘Nehru, Vivekananda, Tata também eram maçons’

Tradução José Filardo

por KUNAL DUTT

 

Nova Déli, 25 de dezembro: Eles são uma das sociedades  secretas mais antigas do mundo, cujos membros incluíam Motilal Nehru, Vivekananda, JRD Tata, o Rei George VI e George Washington, entre outros. Seus templos e lojas são exemplares de arquitetura grandiosa e seus rituais arcanos inspiraram tanto curiosidade quanto medo. Eles são os Maçons.

A Maçonaria, uma fraternidade esotérica que deve a sua origem no final do século XVI ao XVII na Escócia e Inglaterra chegou à Índia através da companhia das Índias Orientais no início do século XVIII. Eles são conhecidos por seu símbolo mais reconhecível de um Compasso e um Esquadro entrelaçados, encontrado na fachada de todos os Freemason’s Halls.

A Grande Loja da Índia (GLI) é o principal órgão de governo da Maçonaria na Índia. Ela foi oficialmente constituída em 24 de novembro de 1961 e comemorou seu Jubileu de Ouro no ano passado. Antes do estabelecimento da sua própria ordem, havia três delegações da Grande Loja  da Escócia, Grande Loja da Irlanda e Grande Loja da Inglaterra.

“Nossa primeira loja foi uma loja militar estabelecida por EIC em 1730. Depois que os britânicos retornaram à Inglaterra, após a independência, a loja sobrevivente mais antiga, hoje, na Índia é a Calcutá Freemason’s Hall, conhecida como “A estrela no Oriente”, Ambarish Singh Roy, um maçom e Grande Secretário Regional Assistente, da Grande Loja Redional da Índia Oriental declararam ao PTI.

A fraternidade é organizada administrativamente em Grandes Lojas independentes, ou algumas vezes Orientes, cada qual governando sua própria jurisdição, que consiste em lojas subordinadas ou filhas. As Grandes Lojas são corpos independentes e soberanos que regem a Maçonaria em um determinado país, estado ou área geográfica (denominada jurisdição).

Popularizada pelos  best-sellers de Dan Brown, como ‘O código da Vinci’, a sociedade dos maçons comanda uma associação global de mais de 6 milhões, e seu número na Índia só está crescendo. Seus rituais secretos e elaborados envolvem um piso de tabuleiro de xadrez e suas lojas são comandadas  por grãos-mestres.

O primeiro presidente da Índia, Rajendra Prasad; o primeiro Vice-Presidente S Radhakrishnan, Sir Phirozeshah Mehta, C Rajagopalachari, Sir Jamsetjee Jeejeebhoy, o Nawab de Pataudi Mansur Ali Khan, Maharaja Jivaji Rao Scindia, entre outros indianos eminentes também eram maçons, de acordo com informações sobre  a Grande Loja Regional do norte da Índia.

Ambarish e outros maçons de todo o mundo participaram de sua 12ª Conferência Mundial e 51º Grande Festival da Índia organizado recentemente no sul da Índia.

A Conferência de dois dias em Mahabalipuram trouxe cerca de 37 grãos-mestres de suas respectivas grandes lojas e teve como  “O papel da Maçonaria na Manutenção da Paz Universal”.

A conferência foi seguida por um grande Festival em Chennai, que terminou com a posse formal do novo Grão-mestre da Grande loja da Índia.

“O VM Ir.´. Vasudev Masurekar recebeu o cargo de próximo Grão-Mestre do MW Ir.´. Capt. Dr. B B Balaram Biswakumar em uma cerimônia formal realizada durante o festival”, declarou B Kamokoti, grande Secretário  à PTI durante uma entrevista telefônica.

Os maçons do mundo inteiro, contudo, não operam sob um corpo único e eles reconhecem e deixam de reconhecer uns aos outros. Cada país tem uma Grande Loja central que é administrada por um Grão-Mestre eleito a cada três anos.

“Na conferência, foram convidadas apenas essas Lojas  que estão em ‘amizade umas com as outras’, o que significa aquelas que se reconhecem. Além disso, durante uma conferência mundial só os grãos-mestres (GMs) estão autorizados a falar ou a apresentar comunicações” acrescentou Kamokoti.

O grande Secretário afirmou que agora com tanta literatura e cinema baseado em ou apresentando a Maçonaria, quaisquer mitos que foram associados a ela devem ter sido dissipados.

“Eu acredito que qualquer mitos que as pessoas tinham associado com a Maçonaria foram desfeitos agora com tantos livros e filmes tendo sido publicados, e sinto-me muito triste por aqueles que dizem que não sabem ou jamais ouviram falar disso”, acrescentou Kamokoti.

Bem, apesar de sua presença com edifícios arquitetonicamente impressionantes tendo o Esquadro e o Compasso em quase todas as grandes cidades na Índia, Maçonaria ainda continua a ser um termo um pouco esotérico e mítico. Mas, seus membros dizem, eles passam por eles quase todos os dias ainda que sem o saber.

“O icônico Rashtrapati Bhavan (Casa do Vice-rei) tem assinaturas maçônicas, assim como muitos reis britânicos eram maçons. Na verdade, o plano da criação da capital Nova Déli tem Maçonaria embutida nele.

Até mesmo, o Jantar Mantar tem elementos maçônicos. Nós conseguimos ver, um leigo não”, acrescentou Roy que disse que a Maçonaria envolve também uma série de estudos sobre astronomia.

Perguntado se a Maçonaria está presente no Paquistão, a Grande Loja da Índia informou que ela existia antes de ser dissolvida pelo ex-primeiro-ministro Zulfikar Ali Bhutto e o ex-presidente Zia-ul Haq.

“Tivemos Maçonaria no Paquistão, mas ela foi dissolvida durante o reinado de Zulfikar Ali Bhutto e Zia-ul Haq e agora aqueles edificios estão sendo usados como bangalôs do governo e agências de correio, entre outros,” Roy acrescentou.

“O Goshamal Baradari em Hyderabad, construído em 1682 pelo Sultão Abul Hassan Tanasha, é o edifício mais antigo, usado como um Templo Maçônico na Índia. Ele foi doado à fraternidade em 1872 peço Nizam de Hyderabad”disse Roy  expondo sobre o patrimônio arquitetônico da Maçonaria na Índia.

Os organizadores acreditavam que a Maçonaria só subiria na popularidade a partir daqui e citou o exemplo do “renascimento da Grande Loja Regional Patna, adormecida por muito tempo, e  que teve sua Assembleia Anual neste mes de janeiro” e agora está visando a Loja Ranchi.

A conferência mundial também marcou um feito exclusivo para a Índia como o único país a ter sido autorizado, até agora, a hospedá-lo duas vezes, depois de ser dado o assentimento para a edição de 2002 em Nova Deli. A próxima edição está prevista para ser realizada pela Romênia em 2014.

Publicado em: http://www.greaterkashmir.com/news/2012/Dec/26/-nehru-vivekananda-tata-were-also-freemasons–11.asp

 

Publicado on janeiro 8, 2013 at 2:37 pm  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/noticias-da-india-nehru-vivekananda-tata-tambem-eram-macons/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. وأود إن أمكن أخ توفر بعض الإلكتروني حتى أستطيع أن تجعل الاتصال

  2. I would like some brother please can spend an email so I can make contact


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: