Gene Sharp – Prefácio do Livro Civilian-Based Defense

Prefácio do Livro “Civilian-Based Defense – A Post-military Weapons System” de Gene Sharp – 1990

Tradução José Antonio de Souza Filardo

Civilian-Based Defense (Defesa baseada em Civis, ou Defesa Civilizada) pretende ser uma introdução de fundo para o desenvolvimento da política de defesa baseada em civis.

Em vez de armamento militar, a defesa baseada em civis aplica o poder da própria sociedade para dissuadir e defender contra usurpações internas e invasores estrangeiros.

As armas são psicológicas, sociais, econômicas e políticas. Elas são empunhadas pela população em geral e as instituições da sociedade.

As propostas deste livro são duas: que as políticas de defesa baseada em civis contra golpes de estado internos e agressão estrangeira podem ser desenvolvidas, e que as ditaduras e a opressão podem ser evitadas e desintegradas pela capacidade de travar poderosa luta não violenta.

Não cooperação e desafio em massa visaria impedir que os atacantes estabelecessem um controle efetivo sobre a sociedade em defesa; negar aos atacantes seus objetivos, e subverter a confiabilidade dos administradores e forças militares dos atacantes.

Defesa Baseada em Civis é apresentado para pesquisa, investigação e avaliação pública e governamental.

Em alguns países, aspectos limitados da política já foram incorporados às políticas de defesa já existentes.

Meu objetivo foi, em parte, preparar um livro que estimule a reflexão entre os membros do público em geral que estão à procura de melhores respostas aos nossos problemas de defesa.

O objetivo também foi apresentar novas informações, concepções e opções que merecem atenção por analistas de defesa, especialistas em segurança, funcionários públicos, militares, estrategistas de luta não violenta, acadêmicos, estudantes e membros da sociedade, organizações de voluntários que desempenhariam papéis indispensáveis em defesa baseada em civis.

Este volume é centrado nos problemas abrangentes de segurança que podem ser enfrentados por muitos países, não apenas aqueles de uma única parte do mundo, em contraste com o meu livro anterior Tornando a Europa Inconquistável.

Dado um desejo por democracia e independência, portanto, esta apresentação de defesa com base em civis é de interesse para os mais diversos países.

Todos os países, não importando o seu status político ou econômico, deve se preocupar com a possibilidade de uma invasão estrangeira ou usurpação interna.

Estes são os problemas abordados neste livro.

Usando esta apresentação ampla, pessoas de praticamente todos os países serão capazes de avaliar a eventual relevância da defesa baseada em civis para suas sociedades em particular, cada uma com suas próprias tradições, ameaças à segurança e opções militares.

Este livro foi originalmente sugerido por Sanford Thatcher, da Princeton University Press há alguns anos.

Seu incentivo, recomendações perspicazes, comentários críticos, apoio e paciência permitiram o que projeto finalmente chegasse a se concretizar.

Desde a partida do Sr. Thatcher da Press, Gail Ullman, como Editora de Ciências Sociais, muito habilmente examinou o manuscrito até as fases finais.

Charles Ault da Press fez recomendações editoriais magníficas.

No ano passado eu fui extremamente afortunado na Albert Einstein Institution de ter tido a assistência muito capaz de Bruce Jenkins na preparação deste livro.

Sua pesquisa, críticas substantivas perceptivas e sugestões, assim como suas habilidades editoriais, fizeram deste um livro muito melhor do que teria sido.

Sou grato a Albert Einstein Institution e aos seus doadores e funcionários por tornar este trabalho possível.

Com o apoio ampliado para essas organizações, muitos outros estudos da natureza e do potencial de luta não violenta como um substituto para a violência contra as agressões, ditaduras, genocídios e da opressão se tornarão possíveis.

Durante os anos 80, assistimos a uma expansão mais importantes em nível mundial do uso prático da luta não violenta que jamais ocorreu.

De Tallinn a Nablus, Rangum a Santiago, Pretória a Praga, Pequim a Berlim, as pessoas ao redor do mundo estão cada vez mais empregando luta não violenta para fazer valer os seus direitos à liberdade, independência e justiça.

Pesquisas acadêmicas, avaliações teimosas e sofisticadas análises estratégicas são agora necessárias para compreender esta técnica ainda mais e aumentar a sua eficácia.

Este livro é apenas um dos muitos que precisam ser escritos sobre a natureza, problemas e potencialidades da luta não violenta.

Estes nos ajudarão a avaliar quais os papéis da luta não violenta e de defesa baseada em civis podem desempenhar no confronto, e solução dos problemas da ditadura, genocídio, opressão e guerra.

Gene Sharp

Albert Einstein Institution 1430 Massachussetts Avenue Cambridge, Massachusetts 02138

10 de Janeiro de 1990

Publicado on abril 18, 2011 at 10:27 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/gene-sharp-prefacio-do-livro-civilian-based-defense/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: