Édito contra o esoterismo

(Contribuição do Brother Ricardo Vidal)

O documento foi expedido em 13/6/2012 por J. Derek Robson, Grão-Mestre do estado australiano de Gales do Sul.

Edito do Grão-Mestre

1. A Educação Maçônica oficial, autorizada, incluindo suas instruções, é regular apenas quando aplicada à Maçonaria Especulativa ou Livre e Aceita (Maçonaria Regular).

2. Em virtude de interpretações bastante divergentes quanto ao termo “esotérico” e seus derivados, eu me acho preocupado quanto ao modo impróprio como eles vêm sendo empregados na Maçonaria Regular. O termo ser deve ser evitado, uma vez que foi e poderá ser empregado em detrimento da Maçonaria.

3. Eu exorto os maçons a fazerem progressos diários adquirindo conhecimentos maçônicos. Especulações e discussões devem ficar restritas aos Landmarques da Ordem.

4. A exposição de trabalhos e a condução de discussões interpretativas na Maçonaria Regular, devem visar a aquisição progressiva de conhecimentos maçônicos voltados à compreensão dos segredos e dos mistérios da Ordem, que promovam a fraternidade humana sob a paternidade divina. Para evitar equívocos, tais exposições e discussões devem ser tratadas como assuntos “especulativos” e o termo “esotérico” não deve ser empregado.

5. A Maçonaria Regular não permite nenhuma forma de esoterismo que englobe ou contenha tendências em relação ao ocultismo, magia, alquimia, astrologia, misticismo profano, transcendentalismo, druidismo, rosacrucianismo, satanismo, ou qualquer movimento relacionado a estes assuntos. A apresentação, o endosso, e/ou a promoção de tais assuntos em qualquer das lojas jurisdicionadas à Grande Loja Unida de Nova Gales do Sul e Territórios ACT, estando a oficina aberta, em recreação, fechada, deve ser considerada como irregular e estritamente proibida.

6. Qualquer violação deste Edito constitui grave conduta anti-maçônica, devendo ser julgada como tal.

7. O Grão-Mestre pode, vez ou outra,  conceder permissão para a apresentação de trabalhos sobre assuntos esotéricos. Sem tal autorização, que estabelece certos termos e condições impostas por ele,  o ato constitui violação do edito. O pedido de autorização [para a apresentação de trabalhos dessa natureza]  deve ser feito por escrito e enviado ao Grão-Mestre, por meio do Grande Secretário. A permissão só será concedida se o trabalho proposto tratar-se de peça genuína de pesquisa maçônica.

DEREK J ROBSON  –  GRÃO-MESTRE
New South Wales & Australian Capitol Territory (NSW & ACT) Australia.

canadianmason.ca/aggregator
http://freemasonsfordummies.blogspot.com.br/2012/06/edict-against-esotericism.html
http://www.glnb.org/index.php?view=newsfeed&catid=52%3Amasonic-news&id=16-freemasonry-for-dummies&option=com_newsfeeds&Itemid=49

Publicado on junho 21, 2012 at 10:52 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/edito-contra-o-esoterismo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: