Mais uma loja do Rito Moderno em São Paulo

Inaugurada no dia 3 de Junho de 2017, a ARLS Alvaro de Campos no Oriente de São Paulo, Capital.

Published in: on junho 22, 2017 at 2:03 pm  Comments (7)  

CORREÇÃO DE LINK

Origem e evolução dos Cargos em loja da Maçonaria e dignidades maçônicas na Grã-Bretanha do Século XVII até Nossos Dias

 

 

Link correto:

 

https://bibliot3ca.wordpress.com/origem-e-evolucao-dos-cargos-em-loja-da-maconaria-e-dignidades-maconicas-na-gra-bretanha-do-seculo-xvii-ate-nossos-dias/

Published in: on maio 24, 2017 at 4:07 pm  Deixe um comentário  

FELIZ ANO NOVO MAÇÔNICO 6016!

Criação & Fotografia: José Filardo

O calendário maçônico é a maneira particular utilizada pelos maçons para numerar os anos e designar os meses.

O ano um do calendário maçônico é o Ano da Verdadeira Luz Anno Lucis em Latim. Ele marca o início da Era da Verdadeira Luz (VL). Antes que o Anno Lucis aparecesse a partir do século XVIIIe nos documentos ingleses, os temos Anno Masonry e depois Anno Latomorum , Anno Lithotomoru ou Anno Laotomiae (Era dos Cortadores de Pedra)1. A datação do Ano da Verdadeira Luz seria baseada nos cálculos de James Ussher, prelado anglicano nascido em 1580 em Dublin. Ele tinha desenvolvido uma cronologia começando com a criação do mundo segundo o Genesis que ele estimava em 4000 A.C. baseandose no texto Massorético ao invés da Septuaginta 2.

O Pastor Anderson a defendeu em suas Constituições de 1723 para afirmar simbolicamente a universalidade da Maçonaria através da adoção de uma cronologia supostamente independente de particularidades religiosas, pelo menos no contexto britânico da época . A data escolhida para o início da Era maçônica é 4000 antes da Era Comum.

O ano maçônico tem a mesma duração do ano gregoriano, mas começa em 1o de Março como o ano Juliano ainda em vigor na época da redação das Constituições de Anderson. Ela tomou o milésimo do ano gregoriano em andamento e aumentou 4000, os meses são designados apenas por seus números ordinais.

  • Exemplos:
    • 29 de Fevereiro de 2004 era o 29o dia do 12o mês do ano 6004 da Verdadeira Luz

O ano maçônico tem duas festas: São João de Verão (João Batista, comemorado em 24 de junho) e São João de Inverno (João Evangelista, comemorado em 27 de Dezembro), coincidindo simbolicamente com os solstícios.

(Wikipedia)

Published in: on março 1, 2016 at 8:35 am  Comments (5)  

LA UMURM Y EL RITO MODERNO

ACADEMIA INTERNACIONAL DEL Vº RITO MODERNO (UMURM)

LA UMURM Y EL RITO MODERNO,

UNA REALIDAD INCONTESTABLE.

Presentado por José María Bonachi Batalla

Hablar hoy, en este foro del Roosevelt Center, sobre el Rito Moderno es hablar del Rito de Fundación, de una francmasonería que nace como una utopía en 1717, con la intención de marcar una nueva orientación con el objetivo de caminar hacia el «Centro de Unión».

…..

La Unión Masónica Universal del Rito Moderno no se configura por tanto como una macro estructura que pretenda confrontarse a otras existentes, o imponerse a las Potencias adheridas a ellas; simplemente, desde su autoridad moral emanada por sus Cuerpos Constituyentes, pretende dar abrigo y tender puentes entre todos aquellos practicantes de los Órdenes de Sabiduría de buena voluntad que así lo deseen, y cuyos objetivos se manifestaron en el momento de su fundación:

  1. Promover, difundir y promocionar, usos y costumbres del Rito Moderno.
  1. Fomentar la interrelación y armonía entre sus miembros en aras de la práctica de una francmasonería verdaderamente Universal.
  1. Ser un foro plural de dialogo e intercambio en pos de crear un verdadero Centro de Unión sin importar las peculiaridades territoriales, obedienciales o rituales.
  1. Facilitar el acercamiento entre Cuerpos Filosóficos del Rito Moderno mediante el reconocimiento mutuo sin ningún tipo de discriminación.
  1. Fomentar una dinámica de trabajo y temas de reflexión conjuntos entre sus Cuerpos.

Leia mais: https://bibliot3ca.wordpress.com/la-umurm-y-el-rito-moderno/

Published in: on janeiro 11, 2015 at 4:40 pm  Deixe um comentário  

A PARTIR PEDRA

Bros.

Um excelente texto de nosso Ir.´. português, Rui Bandeira.

Vale a pena seguir o blog dele http://a-partir-pedra.blogspot.com.br/

Textos claros, em um português castiço e prazeiroso.

Aproveitem…

TAF

Philardo

A PARTIR PEDRA

Published in: on agosto 14, 2014 at 8:55 am  Deixe um comentário  

A teologia da aritmética

Extraído dehttp://serendip.brynmawr.edu/local/scisoc/brownbag/brownbag0304/Theology_of_Arithmetic.pdf

Tradução: S.K.Jerez

Qual é a importância do número? Qual é a importância da aplicação do número aos fenômenos, ou seja, contar?

Quais são os problemas com o número? Quais são os problemas da aplicação numérica aos fenômenos, ou seja, contar?

Qual é a vantagem de um relato numérica? O que pode ser feito com o número que não pode ser feito de outra forma?

Qual é a vantagem de relatos imagéticos ou narrativas?

Filolau, em Estobeu 1.3.8 ( DK11 )

O poder, a eficácia e a essência do número são vistos na Década; ela é grande, ele realiza todos os seus propósitos e é a causa de todos os efeitos. O poder da Década é o princípio e guia de toda a vida, divina, celestial ou humana em que se insinua; sem ela tudo é ilimitado, obscuro e furtivo. De fato, é a natureza do número que nos ensina a compreensão, que nos serve como um guia, e nos ensina todas as coisas que de outro modo ficariam impenetráveis e desconhecidas para todos os homens.

Continue a leitura em https://bibliot3ca.wordpress.com/a-teologia-da-aritmetica/

Published in: on janeiro 24, 2014 at 9:24 am  Comments (2)  

Os Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito

Tradução José Filardo

Graus Gnósticos

Grau 1: Aprendiz

É dedicado ao desenvolvimento dos princípios fundamentais da Sociedade e ao aprendizado de suas leis e costumes resumido em três palavras: Deus, caridade, fraternidade. Entrar na vida, iniciação. Morrer na vida profana e trabalhar sobre si mesmo. O caminho da sabedoria é uma árvore onde se chega ao topo depois de ter derrotado seus próprios defeitos.

Grau 2: Companheiro

E ‘dedicado ao direcionamento da vida para o melhor possível no trabalho, ciência, virtude. E ‘a chamada para o estudo das artes liberais sobre o plano material e intelectual. Os materiais para a construção do Templo, do qual o Companheiro é tanto a pedra quanto o trabalhador, não são ainda suficientemente polidos.

Grau 3: Mestre Maçom

É dedicado àquela honra inevitável que não transige de fato o próprio dever. Aquele que sacrifica a própria vida para o bem dos outros. A lenda de Hiram. O companheiro caído nas paixões humanas, deve recuperar a sua pureza e iluminação.

Câmaras de Perfeição

Grau 4: Mestre Secreto

Guardião e elo de ligação tem como objetivo desenvolver a virtude do silêncio e se acostumar com a preservação do segredo. Hiram morreu, mas aqui continua a acácia. Devemos continuar a sua obra em segredo, perseguindo seus assassinos. Busca o conhecimento através do estudo da Bíblia, o silêncio e a meditação, já que a maioria das coisas que a nossa imaginação pode conceber estão na terra e sob do céu. O segredo, a lealdade e a obediência são necessários para consolidar a liberdade.

LEIA MAIS: https://bibliot3ca.wordpress.com/os-graus-do-rito-escoces-antigo-e-aceito/

Published in: on janeiro 21, 2014 at 12:04 pm  Deixe um comentário  

” Qual é o documento “maçônico” mais antigo conhecido até hoje? “

 

 

https://bibliot3ca.wordpress.com/consultorio-maconico-qual-e-o-documento-maconico-mais-antigo-conhecido-ate-hoje/

Published in: on janeiro 20, 2014 at 10:35 am  Comments (1)  

A história extraordinária do Rito Escocês Antigo e Aceito

Artigo da Revista Franc-Maçonnerie |Novembro 2013 | Por Alain Bernheim

Bem conhecidos pelos maçons, o “REAA” é hoje um dos rituais mais praticados no mundo. Mas de onde ele vem? Para entender a origem dos rituais das lojas do Rito Escocês Antigo e Aceito devemos abordar duas áreas intimamente interligados, a história e os “altos graus” que eles preferem chamar de “graus adicionais”. A menção a esses graus adicionais é quase tabu em loja simbólica, porque a sua organização é hoje hermeticamente separada das Grandes Lojas. Mas, nem sempre foi assim. Ao longo do século 18, as lojas azuis irlandesas trabalhavam com muitos graus adicionais e os comunicavam aos seus membros. A separação entre os três primeiros graus e todos os outros, na maioria dos países do mundo, ocorre somente depois de 1813, data essencial da história maçônica. Por quê?

Leia mais em https://bibliot3ca.wordpress.com/a-historia-extraordinaria-do-rito-escoces-antigo-e-aceito/

Published in: on dezembro 28, 2013 at 2:16 pm  Comments (1)  

Teria Jesus apoiado o vale-refeição?

Com o crescimento da bancada evangélica no Congresso Brasileiro – a meta deles é aumentar 30% na próxima legislatura – em um prazo relativamente curto podemos atingir a lamentável situação da sociedade americana.

Esse artigo bastante bem-humorado de CJ Werleman é de grande importância para nossa reflexão.

======

A direita está cheia de analfabetos bíblicos: Eles ficaria chocados pelos ensinamentos de Jesus se alguma vez pusessem a mão em uma Bíblia

Bill O’Reilly da Fox News defendeu os cortes de gastos do Partido Republicano para o NAP declarando efetivamente que Jesus não apoiaria o vale-refeição para os pobres, porque a maioria deles é viciada em drogas. Se sua observação insensível é inconsistente com as Escrituras, e ela é, então, a questão torna-se, por que as cabeças falantes da direita se saem bem mesmo proclamando o que Jesus apoiaria ou não?

A resposta é simples: Conservadores não leem a Bíblia.

Leia mais: https://bibliot3ca.wordpress.com/jesus-nao-teria-apoiado-o-vale-refeicao/

Published in: on dezembro 28, 2013 at 12:52 pm  Deixe um comentário