Alquimia dos Símbolos, Uma busca pelo feminino

Tradução José Filardo

por Marie-Dominique MASSONI

As Núpcias Sagradas

O desejo feminino alimenta, desde a noite dos tempos, uma literatura abundante onde o fascínio, horror e condenação conduzem uma estranha dança, refletindo uma concepção ancestral das nossas sociedades tendo confinado a mulher a um papel único, o da maternidade e de assistência alimentar, negando-lhe qualquer capacidade de pensar o mundo e agir sobre ele. O imaginário coletivo, assim, opôs homens e mulheres em seus atributos até na sua privacidade. Uma visão destruidora, se não simplista, ao contrário do ideal da unidade procurado por todos os maçons. O iniciado, desde os primórdios do seu compromisso e ao longo do seu percurso vai tentar trazer para fora o seu eu interior. Essa busca que pode ser comparada ao nascimento, não pode, então, ser considerada simbolicamente uma libertação do conteúdo feminino em cada um de nós, homens e mulheres?

A mulher receptáculo da procriação

Sócrates comparou-se à sua mãe Fanarete, cujo trabalho era ajudar as mulheres em trabalho de parto, o que permitia a cada um dar à luz suas análises e avaliar sua viabilidade. No Theaetetus, quem quer filosofar é comparado a quem quer nascer. Infelizmente, este nascimento do pensamento foi negado às mulheres até o século passado, como se o futuro da mulher se resumisse desde a antiguidade, em última (ou primeira) instância aos mesmo estereótipos de reprodução da espécie. O logos poderia não ser viril? Existe ele sem pensamento de dominação? De acordo com Kierkegaard, qualquer mulher que se atreva a pensar se masculinizaria. “A mulher explica o finito, o homem persegue o infinito. (…) Devido a que ela explica o finito, a mulher é a vida mais profunda do homem, mas uma vida que deve ser escondida e secreta, como é sempre a vida da raiz. E é por isso que eu odeio todas as propostas abomináveis sobre a emancipação das mulheres”. *

Continuar a ler: https://bibliot3ca.wordpress.com/alquimia-dos-simbolos-uma-busca-pelo-feminino/

Published in: on junho 3, 2016 at 12:04 pm  Comments (1)  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2016/06/03/alquimia-dos-simbolos-uma-busca-pelo-feminino/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] Alquimia dos Símbolos, Uma busca pelo feminino […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: