Um furacão maçônico nos EUA?

Ir.’. Roger Dachez

A ainda não se tomou conhecimento na Europa, especialmente na França, mas uma tempestade está prestes a acontecer na Maçonaria Americana. A perturbação, de que ainda se ignora o quão longe ela irá, vem da Geórgia – uma região acostumada com furacões, é verdade …

Em 9 de setembro de 2015, o novo Grão-Mestre da Grande Loja da Geórgia, uma obediência que tem cerca de 40.000 membros (oficialmente) e se situa em uma posição invejável entre as Grandes Lojas norte-americanas em termos de número de membros, promulgou um “decreto “- os Grandes Mestres americanos têm direitos soberanos – que proscreve formalmente a homossexualidade e bane das fileiras da Maçonaria aqueles que são culpados do “pecado”! A decisão bastante desconcertante do Grão-Mestre não é, contudo, um ataque isolado de loucura: ela foi recentemente confirmada pelo voto da maioria da Grande Loja e, em boa medida, esta condenou igualmente a “fornicação” – que parece referir-se a qualquer forma de sexo fora do casamento!

Leia mais em: https://bibliot3ca.wordpress.com/um-furacao-maconico-nos-eua/

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2015/11/04/um-furacao-maconico-nos-eua/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. A homossexualidade é a degradação da pessoa humana, a maçonaria não pode aceitar esta promiscuidade, que leva as famílias a desgraça.

  2. Considero um tema por demais complexo. “Só o tempo dirá…”
    Creio que a expressão homossexual se permitiu na absorção de todas as formas de comportamento envolvendo o sexo, pederastia inclusive, quando esses dois termos deveriam ser considerados cada um em sue lugar próprio e definitivo.
    O comportamento dever ser considerado quando com ou sem moral. E para um comportamento com moral, aceito o argumento do professor Cortella, isto é, para que uma ação seja elaborada com moral é necessária a ética. E para a ética se fazer presente, exige-se a triangulação perfeita entre três questionamentos, a) eu quero? b) eu posso? c) eu devo?
    As três questões revelam a ética quando com a mesma resposta.
    Mas a pergunta ou a manifestação contraditória fica em aberto…só o tempo dirá…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: