Máquina do Tempo

A Maçonaria e a Padrecada Romana

A.J. de Macedo Soares
Gr.’. M.’. G.’. Com.’. da Ord.’.

Maçons e Padres romanos em Campinas e na capital de S. Paulo.
—O Ir.’. Maximiano de Camargo.
-Carlos Gomes.
-Errônea interpretação da tolerância maçonica. 
-Fernando Osório. 
-Attitude digna nesta emergência.

Desdobram-se os acontecimentos; succedem-se os factos vertiginosamente; e d’entre os Ilr.’. moços bem pouco viverá quem não assistir á queda, pouco ruidosa, como a do doente que agonisa mezes e dias, mas muito odiosa, como a do perverso, á queda da egreja romana, da egreja dos papas.

Roma, a pagã, Roma, a dos Césares, cahiu com grandeza das mentalidades que, seculos e seculos, governaram a humanidade, conduzindo-a nas vias do progresso e do aperfeiçoamento até chegar aos seus mais elevados fins. Roma, a christã, Roma, a dos Papas, afunda-se no esterquilinio dos Borgias, ficando, felizmente, livre a humanidade d’esse trambolho immenso e enorme, collocado por Satanaz, o deus do mal, no caminho da perfeição.

leia mais em: https://bibliot3ca.wordpress.com/a-maconaria-e-a-padrecada-romana/

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2015/07/08/maquina-do-tempo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: