Uma Breve História dos Rituais Maçônicos “egípcios” (1)

Tradução José Filardo

Por Roger Dachez

Os rituais dos graus egípcios têm diferentes fontes, de modo que poderiam ser os conhecimentos de múltiplos fundadores ou refundadores da própria maçonaria egípcia. Sua aparição tardia porém obrigou os autores a incluir, incorporar e reconhecer os numerosos graus que a tradição maçônica já havia produzido durante todo o século XVIII, para lhes adicionar novos, causando um aumento piramidal inexorável até alturas vertiginosas de 90 ou 95 graus.

  1. Os textos fundadores

Se nos ativermos aos três primeiros graus, dois textos são referência: um manuscrito de 1820 para o Rito de Mizraim [1] e o ritual publicado por Marconis de Nègre em Paris em 1839, no O Hierofante, desenvolvimento completo dos mistérios maçônicos para o Rito de Memphis.

Leia Mais em: https://bibliot3ca.wordpress.com/uma-breve-historia-dos-rituais-maconicos-egipcios-1/

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2014/08/09/uma-breve-historia-dos-rituais-maconicos-egipcios-1/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: