Mini Reviravolta no caso Pascal Vesin

Tradução José Filardo

Postado por Géplu em  Dans la presse

Ficamos sabendo por um artigo do  Dauphine Libéré  que na disputa entre Pascal Vesin este  padre maçom  e sua hierarquia, Claude Thomas, um velho irmão de 82 anos de idade, membro da Grande Loja de França durante 35 anos e cristão tomou uma posição. Claude “não compreende a posição da diocese e a faz saber.” Para isso, ele escreveu um livro “Eu sou um cristão e maçom, qual é o problema?” em que ele explica que a posição da Igreja de Roma que considera incompatível ser maçom e cristão é retrógrada. A Igreja está bloqueada, na contra corrente, manifestando uma intolerância dogmática inaceitável em relação às evoluções nas práticas espirituais de outras comunidades, escreve ele.

E para tomar uma boa medida, ele não só entregou seu livro em mãos ao Monsenhor Boivineau, o bispo que demitiu e excomungou Pascal Vesin, mas também o enviou ao papa Francisco, acompanhando este envio com uma carta na qual ele diz: “Eu me considero uma pedra buscando seu lugar na construção da tolerância. Que esta seja um sílex, que com o atrito dos séculos passados produza no século XXI uma faísca, que essa faísca seja forte o suficiente para trazer o calor ao coração e que sua luz ilumine o caminho da verdade. ”

A partir de sua entrevista com monsenhor Boivineau, Claude Thomas pensa ter conseguido restabelecer o diálogo porque “Pascal Vesin e o Bispo concordam em se reunir novamente.” Muito bom, o diálogo é sempre uma coisa boa, mas é pouco provável que isso vá mudar alguma coisa na aplicação da pena de excomunhão, porque a decisão não foi tomada pelo monsenhor Boivineau, mas por Roma.

 

http://www.hiram.be/mini-rebondissement-dans-laffaire-pascal-vesin/

 

 

Graças a um livro, o ex-padre e o bispo vão se entender?

 

claude thomas

Claude Thomas transferiu seus direitos autorais a uma associação que apoia os órfãos de maçons.

Em 2013, o padre Pascal Vesin, pároco de Megève foi convocado pelo Bispo Boivineau que o demitiu das funções de sacerdote, alegando que el pertencia à Maçonaria.

Um caso que viria a ter uma significativa atenção da mídia e incomodar, especialmente um morador de Seynod. Claude Thomas, ele próprio um irmão por 37 anos na Grande Loja de França e cristão, não consegue compreende a posição da diocese e a faz saber disso.

Poucos meses depois do lançamento do livro do principal interessado (Pascal Vesin publicou um livro em abril, intitulado “Ser irmão, continuar padre”) este cavalheiro de 82 anos, pintor e escultor em seu tempo livre, acaba de publicar um livro para apoiar o ex-pároco de Megève. Seu título: “Eu sou cristão e maçom, qual é o problema.”

Ele pretende apresentá-lo às 47 lojas (todas as potências combinadas) funcionando nos Alpes do Norte e entregá-lo em mãos… ao Bispo de Haute-Savoie. O que ele fez há poucos dias. Os dois homens conversaram por um quase uma hora e meia. “Em um diálogo interessante” segundo Claude Thomas.

“O caminho da verdade”

Depois dessa entrevista, o autor analisou: “Acredito que eu cheguei a restabelecer o diálogo. Pascal Vesin e o Bishop concordaram em se reunir novamente.” O conciliador tinha dificuldades em esconder sua emoção, pois os assunto lhe é muito caro.

Finalmente, em 7 de julho, ele enviou seu livro ao papa Francisco. Ele escreve em sua carta: “”Eu me considero uma pedra buscando seu lugar na construção da tolerância. Que esta seja um sílex, que com o atrito dos séculos passados produza no século XXI uma faísca, que essa faísca seja forte o suficiente para trazer o calor ao coração e que sua luz ilumine o caminho da verdade. ”

Em seu livro de umas cem páginas, ele disseca a carta na qual o bispo justirica sua decisão e, ponto por ponto, responde aos seus argumentos.

“O Monge e o Filósofo”

Um livro que poderia sugerir aquele de Matthieu Ricard e Jean-François Revel, intitulado “O Monge e o Filósofo”.

Ele não tem a densidade, mas poderia ter o tom, pois o autor escava profundamente o significado das palavras.

Em um campo com no outro, essa leitura seduzirá todo leitor fascinado por uma história que marcou a diocese e aqueles para quem a voz de um maçom e de um cristão ainda é audível.

Uma oportunidade adicional para refletir sobre um assunto tanto filosófico quanto teológico, através de um trabalho certamente engajado, mas a cuja leitura não falta interesse, independentemente das convicções da pessoa que vira as páginas.

Talvez este livro, ou até mesmo as intercessões do seu autor possam imprimir um novo caminho neste episódio da vida religiosa da Haute-Savoie, mediatizada muito além do território.

Por Colette LANIER Publicado em 09/07/2014

http://www.ledauphine.com/haute-savoie/2014/07/08/grace-a-un-livre-l-ex-cure-et-l-eveque-vont-ils-s-entendre

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2014/07/27/mini-reviravolta-no-caso-pascal-vesin/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Bom diaSaúdePazLuz,

    Comunicamos que recebemos os pergaminhos,já iniciamos a leitura de todos, quando ternminar estaremos iluminados,Gratíssimo por esta significante oportunidade de apreneder maçonaria muito mais,Em breve enviaremos uma listagem de mais de 100 lojas,para quem interesar possa contactar e enviar pergaminhos e, conseqentemente garimpar mais maçôs ao brrilhante e conceituado Instituto de Pesquisas,Saudações maçônicas,

    Date: Sun, 27 Jul 2014 14:27:53 +0000 To: abuitisindicato@hotmail.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: