O Ovo e a Galinha – A Royal Society e a Grande Loja de Londres de 1717

J.Filardo M.´. I.´.

Construtores (em francês: Maçons) existiram por toda a Europa desde a baixa idade média, desde quando os senhores precisaram construir seus castelos para defender suas comunidades contra ataques e a Igreja impôs seu domínio construindo imensas catedrais nos locais de culto das populações conquistadas. E sendo homens especializados e raros, eles tinham trânsito livre e proteção para ir de obra em obra por anos a fio.

Já em 1149, as primeiras Zünftes alemãs ou sindicatos de pedreiros se desenvolveram em Magdeburg, Würzburg, Speyer e Straßburg. Em 1250, a primeira Grande Loja dos Maçons formou-se na cidade de Colônia (Köln), Alemanha. A Grande Loja foi formada como parte do imenso empreendimento para erguer a catedral de Colônia.

Durante a Idade Média a atividade floresceu até que se esgotaram os recursos para a construção de grandes obras.

Assim, no final do século XVI, na Escócia, William Schack fundou uma Grande Loja de facto, visando organizar a atividade naquele reino. Com base em conhecimentos transmitidos oralmente, criou algumas regras para o exercício do ofício de construtor. Essa estrutura não tinha o nome de Grande Loja, mas na prática ela congregava diversas lojas escocesas que aceitaram as regras.

Durante o século XVII, essa estrutura evoluiu aceitando entre seus membros os chamados “cavalheiros maçons”, pessoas que não tinham relação com o ofício de construtor, mas que ofereciam proteção e prestígio às lojas existentes.

As lojas proliferaram por toda a Escócia, Irlanda e Inglaterra congregando “cavalheiros maçons” que tinham suas preferências políticas e apoiavam diferentes pretendentes ao trono inglês.

Com a evolução política e a sucessão, considerando as diferenças religiosas entre escoceses e ingleses, uma parte dessas lojas apoiava pretendentes católicos ao trono de uma Inglaterra protestante.

Nesse quadro se insere a conferência do Ir. Roberto Lomas sobre um desses “cavalheiros maçons” que teve influência fundamental na invenção da Maçonaria Especulativa como a conhecemos em nossos dias.

Leia mais em: https://bibliot3ca.wordpress.com/o-ovo-e-a-galinha-a-royal-society-e-a-grande-loja-de-londres-de-1717/

Published in: on abril 4, 2014 at 6:02 pm  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2014/04/04/o-ovo-e-a-galinha-a-royal-society-e-a-grande-loja-de-londres-de-1717/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: