A MISSÃO DO SOLDADO E DO MAÇOM (inspirado em texto de José Filardo-SP) M. M.

Saudações fraternas.

Imagine-se um soldado bem treinado, saído da academia, que vai para um quartel e no primeiro dia de trabalho é mandado pelo seu comandante a fim de que treine como marchar, que faça uma excelente faxina em seu alojamento, que treine tiro ao alvo e fisicamente, que limpe suas armas, e as deixe lubrificadas e prontas para o combate, mesmo que eles nunca aconteçam. Essa rotina repetir-se-ia em um segundo dia, em um terceiro e muitos outros, seguidamente, até completar os 30 anos de serviços necessários para a aposentadoria, ganhando muitas medalhas e promoções pelos relevantes serviços prestados à pátria, por não ter faltado nenhum dia ao serviço, ter feito as melhores faxinas do quartel, acertado os melhores tiros no papel circular e outros feitos do tipo. Então poderíamos perguntar: De que valeu aquele treinamento todo? Para que serve um soldado bem treinado se passa a vida fazendo limpeza em um quartel? È isso que se pergunta aos maçons que não produzem, que não constroem socialmente, que não dão bons exemplos, que não estão prontos para a batalha que nos espera. Os problemas sociais existem e estão aí, nas nossas caras e sabemos, o poder público não dá conta deles, exige que a sociedade trate deles e só a sociedade organizada pode fazer algo nesse sentido porque ela tem líderes, tem pessoas esclarecidas e, teoricamente, pessoas de bem, em seu comando. A Maçonaria faz parte desse contexto. Somos soldados aquartelados em nossas salas de reunião, mas diariamente devemos estar prontos para o bom combate. Combate aos vícios morais, à corrupção, e não participar de artimanhas, conchavos, fofocas, como fazem querer crer que são as “coisas da Maçonaria”. Também é nossa missão participar da evolução social em todos os sentidos, político, cultural, humanístico, enfim, onde o homem possa colaborar no progresso de seu desenvolvimento.

Marco Piva M.´.M.´.
http://marcopiva8.blogspot.com.br/

Anúncios
Published in: on setembro 2, 2013 at 8:10 am  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.wordpress.com/2013/09/02/a-missao-do-soldado-e-do-macom-inspirado-em-texto-de-jose-filardo-sp-m-m/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Primeiramente saúdo a todos os QQ.’.Ir.’. que aqui passaram e os que irão porvir um T.’.F.’.A , lendo , concordando com a matéria do Ir.’.Marco Piva que utilizou em aluzão aos escritos de um outro Q.’.Ir.’. José Filardo afirmo , gostei demais deste texto , pois vai de encontro as idéias pensantes que a Própria Mãe me Orienta e de também tomar o meu Próprio caminho então afirmo ainda , Soldados que não podem ficarem somente no Treinamento , Soldados escritores , Soldados entrincheirados ao combate aos Vicios , mas também com fulgor , Amor e Lealdade defendermos a Mâe dos vilipêndios , havendo que uma Sociedade esparsa de aproveitadores de Fé alheia , com vontade explícita de ganhar mais e mais dinheiro se aprofundam em achincalhar as nossas escolhas deste capítulo que se não fosse Maravilhoso posso afirmar ainda trancedental e magnânimo na Ajuda Evolução dos Homens livres e de bons costumes que é um Iniciado na Augusta Ordem,
    Minha afirmação é positiva , não há emprego de formação de idéia e muito menos convencimento , mas a pura verdade que para muitos é relativa , mas que sei ser compartilhada por muitos Ir.’.

    Um Brasil Melhor , com Homens Melhores , e que a Glória sempre :

    a G.’.A.’.D.’.U

  2. Caro Irmão Filardo,

    Gostaria parabenizar o seu trabalho em prol da Maçonaria. E acrescentar que alguns irmãos acham que, “… participar de artimanhas, conchavos, fofocas, como fazem querer crer que são as “coisas da Maçonaria”, é Política na Maçonaria que é inerente a mesma. Sou extremamente contrário a esse pensamento. Vejo a política como meio aberto para se chegar a um fim em prol do todo, aparrando as arestas dos irmãos, encontrando caminhos para evolução dentro e fora dos templos e levar a sociedade soluções para os diversos conflitos, essa sim para mim, é a verdadeira Maçonaria.

    Diante disso gostaria de saber se o irmão teria algum trabalho que pudesse me enviar direcionado a esse tema: Deve existir política dentro da Maçonaria? Se a resposta for sim como devemos usá-la?

    Atenciosamente,

    T.’.F.’.A.’.

    ANTONIO RUY MACIEL VILELLA, M.’.M.’.

    • Bom dia, Irmão Vilella,

      Essa é uma discussão que deve ser levada à loja e daí retirar os subsídios para um trabalho. Eu tenho a minha opinião – que é compartilhada pela minha loja – de que maçonaria é política antes de tudo. Estudando a história do GOB- no blogh há bastante coisa sobre isso – verá que até 1927 essa era a realidade da maçonaria no Brasil. A partir de então, com o crescimento do REAA cresceu também a alienação e a transformação da maçonaria em religião, matando-a completamente. Hoje, o que temos á apenas um simulacro de maçonaria.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: